• Laila Dias terapeuta ocupacional e crocheteira

Eu guio minha agulha?


Acredito que imprevistos são trampolins para criatividade.

Quando estou guiando minha agulha, exatamente tudo pode dar errado.

Ao planejar um projeto idealizo um produto final. Mas não há nenhuma garantia de que ele sairá como idealizado.

Quando me prendo a um modelo rígido, escapa da minha mão a oportunidade de viver o presente, de modificar meu projeto a medida que for necessário.

Em que momento perdemos a criatividade ? Em que momento perdemos a leveza da vida?

Será quando aprendemos a planejar? Quando deixamos de estar no "aqui e agora".

A criatividade para mim aparece na rasteira do que deu errado, aliado ao descompromisso com o idealizado. Levo meu ser aquele momento e me coloco inteira no desafio apresentado, não desconsidero o objetivo que tinha, apenas me abro ao novo.

Transformo a matéria e ela me transforma.

Permito que a agulha me guie para evolução do meu ser, que aprende em cada desafio a libertar-se de projetos rígidos e me ensina a criar.

#costurar #agulhaelinha

0 visualização

© 2016-2020 por Sal - Estúdio Criativo